Indicadores de Continuidade dos Pontos de Controle da Rede Básica

A Resolução nº 24 da ANEEL, de janeiro de 2000, estabeleceu indicadores e metas de qualidade relativas a continuidade de fornecimento de energia elétrica por agentes distribuidores. Visando oferecer medidas de desempenho do SIN (Sistema Interligado Nacional), esta resolução estabeleceu também indicadores de continuidade associados à fronteira da Rede Básica com os demais agentes. O processo de apuração iniciou-se em julho de 2000, sendo conduzido pelo ONS/CNOS e realizado nos centros de operação.

Em 15/12/09 a Resolução nº 024 foi revogada, assim a conceituação, os valores, a metodologia de apuração e a gestão desses padrões de continuidade individuais obedecerão ao disposto nos Procedimentos de Rede (Submódulo 2.8).

Os indicadores apurados pelo ONS são: DIPC (Duração da Interrupção do Ponto de Controle), FIPC (Freqüência da Interrupção do Ponto de Controle) e DMIPC (Duração Máxima da Interrupção do Ponto de Controle).

Consulte abaixo os resultados da operação.

Período:

Período:

Período: